domingo, 24 de abril de 2011

INVADINDO A ARGENTINA

O Blog do Gato Gordo está fazendo tanto sucesso que já angariamos recursos para o envio de um correspondente internacional a Buenos Aires na Páscoa. No caso, eu mesmo, o dono do Blog e único colaborador, pois não faria muito sentido ir outra pessoa, sob qualquer ponto de vista. Bem, conheci a terra dos hermanos pela primeira vez em nível de discernimento, pois da última vez que fui, em 1995, eu era apenas uma criancinha babona e não tenho qualquer lembrança. Dessa vez foi diferente e decidi fixar alguns objetivos a serem alcançados no território argentino. Vejamos:

1) Pichar o Obelisco em sua extensão vertical com os dizeres: “Maradona maconheiro” e fixar uma bandeira do Brasil no topo da estrutura. Eu ia fazer isso, mas aí pensei que os argentinos poderiam ficar brabos. E aí vocês já sabem, uma porrada de nativos viriam correndo atrás de mim querendo a minha cabeça. Vocês conseguem imaginar o tempo que eu ia levar para dar uma surra em todos eles? Meus três dias de descanso passariam rápido demais.

Mas falando sério, a praça nove de julho, onde se encontra o Obelisco, é um dos pontos mais venerados pelos castelhanos, pois é uma das ruas mais largas do mundo e lá os Hermanos se encontram em momentos felizes para a nação, tais quais conquistas no futebol, eleições, etc. E, é claro, a praça tem esse nome, pois nove de julho de 1816 é o dia da independência do país.


2) Assistir a um show de tango com dançarinas fogosas, requebrados exuberantes, corpos malhados esculpidos em perfeita sintonia com a natureza, vestidos curtos e, de preferência, usando um fio dental. Consegui tudo o que queria, massss, sempre há um mas. No show apareceu uma velhinha bem descolada, querendo desafiar a idade e mostrar os seus passos. O problema é que, diferente das outras moças, ao invés de usar uma roupa de baixo saudável, provocante, o que vi foi uma peça de roupa com muito tecido, tão grande que parecia um fraldão geriátrico (se não era isso mesmo). Nada sexy, nada sexy meeeeeeeeeesmo.

3) Tirar fotos e aumentar o repertório cultural. Isso eu fiz com propriedade. Algumas coisas legais e engraçadas serão postadas ao longo da semana.

FALOUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

Um comentário:

Lokobeer disse...

Nada como um feriadinho no exterior pra desopilar.