quarta-feira, 13 de julho de 2011

SÍSIFO, O GREGO

Sabe o mito daquele grego e a pedra? Eu não sabia. Ontem ouvi dois velhinhos conversando e me chamou a atenção. Um deles se comparava ao personagem da estória em questão. Fui procurar e gostei.

"Sísifo, o homem que desafiou os deuses. Foi capturado e sofreu uma punição de Zeus por toda a eternidade: viver uma vida sem sentido. Todos os dias deveria levar uma pedra até o alto da montanha. Após, a pedra rolaria novamente, e ele teria que recomeçar seu trabalho tudo de novo."

O mito de Sísifo não vem do grego antigo, é bem mais recente, do filósofo Albert Camus, em 1942. Na verdade, é um ensaio que reproduz atividade do homem moderno, que faz as mesmas coisas sempre, mesmo sem gostar, mesmo sem sentido. Pegando como base tal definição, todos agimos, em algum momento, exatamente como o absurdo herói grego. E não apenas no trabalho...

Que pedras você levanta incessantemente na vida? Pare para pensar um pouquinho!

Você se identifica com o mito?

OBS: o blog do Gato Gordo, a maior força emanante do povo desde a Revolução Francesa, inaugura essa postagem em homenagem a um amigo que levanta pesadas pedras todos os dias!

SIGA-NOS NO TWITTER: https://twitter.com/#!/bloggatogordo


SE TIVER ALGUMA CRÍTICA, SUGESTÃO OU QUISER JOGAR PAPO FORA, NOS CONTATE NO EMAIL: bloggatogordo@yahoo.com.br

VIRE SEGUIDOR DO BLOG: No lado direito da página, é só clicar em seguir, se cadastrar e ajudar o Gato Gordo!

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu tento não carregar muitas. Mas pelo menos dá pra economizar na academia com essa história das pedras.
by lokobeer

Anônimo disse...

Geralmente costumo "pegar" bem a essência do que o "sr" escreve sr. blogueiro , mas não sei se vou conseguir me expressar bem nesta postagem. O homenzinho aí de nome esquisito , o...Sísifo , foi castigado pelos Deuses e foi condenado a carregar pedras , tudo bem e segundo Albert Camus ,ele filosofa em cima do mito ,tentando explicar como é o homem moderno. Bem , vamos ver...realmente ,o homem moderno trabalha bastante para sobreviver e acho que ,geralmente não consegue unir o útil ( o sustento ),com o agradável ( o sonho). Eu acho que este seria o ideal,unir o útil ao agradável , pois só assim, as pedras do dia a dia seriam mais fáceis de carregar. Agora se o Albert Camus faz alguma alusão àquelas pessoas que "criam" problemas desnecessários para a sua vida , aí então , eu acho que a vida delas deva ficar bem chata mesmo. O negócio é o seguinte: devemos levar a vida de uma forma positiva , trabalhando,nos divertindo ,não devemos procurar chifre em cabeça de cavalo e nem pêlo em ôvo , porque os problemas e as dificuldades virão,com certeza, sem a gente chamar. Então ,vamos deixar as pedras desnecessárias ,não vamos gastar nosso tempo precioso com elas. Devemos estar preparados para "as pedras" que virão sem a gente procurar e preparados para isso ,só estaremos se nos fortificarmos em tudo aquilo que for bom, positivo,alto astral,sempre focando o nosso objetivo.Eu acho que esta é a fórmula certa , a melhor ,mais sensata ,pelo menos.Luz Maria.