domingo, 2 de outubro de 2011

DINHEIRO ORDINÁRIO

O socialmente suportável difere-se do moralmente inaceitável. É tudo uma questão de ponto de vista. Vender drogas é errado. O tráfico deve ser combatido, pois fere a integridade humana. Mas e para "empregos" cujo dano não é tão acentuado. Digo, e para ocupações onde o imoral é social e não traz prejuízo ao nosso bem mais precioso: a vida?

Esta introdução basta para falar de um novo cargo no mercado. Algo que deve estar em ebulição considerando a crescente procura e interesse de novos "clientes". Talvez pela fragilidade do ensino, privado e público, ou pelo simples desinteresse a matérias como física, matemática e biologia, alguns alunos de determinadas escolas estão armando algo diferente para ludibriar os mandatários de casa: forjar boletins. Conheci ontem um profissional da área que, através de simples fontes bem organizadas no Word, consegue criar satisfatórios diplomas, com notas altíssimas, que orgulham os pais, enganando-os e dando um prazer momentâneo para uma inevitável recuperação ao final do ano (ou não, caso os danos sejam irreversíveis). Assim, o aluno que, nas notas finais tiver tirado pontuação baixa, receberá um 9, ou um 10, conforme dançar a música. Até para isso o plano é bem organizado. Valores máximos todos os trimestres é ilusório. O melhor é manter coeficientes paralelos altos, mas diferentes.

Veja bem, uma mentira social é permitida? Não traz prejuízo à sociedade, apenas a anta que se dedica a enganar ao invés de estudar para passar. Se os pais acreditam, não estão sendo bons pais. Um filho que sai todas as noites, não para um minuto frente aos livros e tira notas máximas? São poucos os gênios no mundo. Um deles é o cara que criou o Gato Gordo. O rapaz com quem falei cobra 25 reais por boletim e diz estar faturando alto.

Enquanto estiverem criando os problemas para si mesmos, que continuem se enganando. Controverso seria se prejudicassem terceiros não partícipes da vida em questão. É o mesmo caso de motoristas imprudentes que vão à direção alcoolizados: torço sinceramente que se matem sozinhos e não levem inocentes junto consigo. Alguns talvez digam que o problema seria, nesse caso, o futuro do Brasil. Minha sinceras risadas. O futuro é cada um que faz, pois o tempo não espera indecisões. A educação começa de cima e onde houver corrupção e ladroagem, o mesmo será feito por nossas crianças e adolescentes.

ERA ISSO POR HOJE! GUERRA AO SISTEMA!

FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

4 comentários:

Anônimo disse...

LUZ MARIA disse: eu já vi também êste tipo de situação , mas era com venda de Diplomas...olha só:" venda de diplomas!". Bem , vou fazer um comentário sobre esta postagem tão interessante e será para os pais...é, para vocês mesmos pais , que ficam orgulhosos com um boletim "falso" de um filho.Céus, como assim? Aonde anda esse pai ,ou essa mãe? No trabalho...no cabelereiro...fazendo fofoca com a vizinha,sobre a outra vizinha...viajando pela europa...conversando com o casal de amigos ( em um belo restaurante )sobre "os filhos..." "assistindo a novela das 8:30 hs que passa às 9:10 hs?" Como diria o Cazuza , que foi tudo: drogado,homossexual,bissexual,louco,paranóico,mas que eu sempre admirei pelas belas composições muitissimo polêmicas,eu diria em vêz de : "Que país é este"...,diria: "que pais são estes?".Gente...cuidem mais de seus filhos,olhem mais para eles,vejam o que estão fazendo,ou então...não os tenham.É meu estimado blogueiro, você tem razão: o exemplo vem de cima...mas,QUANDO EXISTE EXEMPLO EM CIMA , senão... LUZ.

Anônimo disse...

Prezada Luz Maria:

Acompanho o blog faz tempo, mas, poupe-me...

Se continuares falando que o bordão "que país é esse?" é do cazuza, vais fazer o Renato Russo levantar do túmulo para te cobrar explicações.

Anônimo disse...

LUZ MARIA disse: meu prezado blogueiro ANÔNIMO , em primeiro lugar ,só aceito críticas de alguém que tenha um nome,que se identifique , coisa que você não fêz,eu sou Luz Maria Velloso e você? Em segundo lugar,se você prestar bem atenção em meu comentário... mas "prestar atenção mesmo",verá que em nenhum momento eu disse que o "bordão ,que país é este" é do Cazuza.Eu sei perfeitamente que, letra e música são do Grande Renato Russo. O que eu fiz, foi mencionar o bordão , não disse,mas dei a entender que , quando ouço este bordão,me lembro do Cazuza,pois esta música , foi CANTADA muitas vêzes por ele. O que eu fiz foi uma analogia ( que é coisa de pessoas inteligentes),comparando duas coisas distintas como: "Que país é este"...com: "Que pais são estes",você entendeu? A música Que País é Este , não foi só cantada pelo Cazuza , vou citar o Conjunto Legião Urbana que a tocou e cantou bastante e se você está por dentro ,O Conjunto "Capital Inicial", no último Rock In Rio ( 24/09/2011) iniciou sua apresentação tocando e cantando esta música , tá ligado nisto? Portanto , sempre irei aceitar críticas , pois elas ajudam a pessoa a crescer,mas lhe dou um conselho: em primeiro lugar,se identifique e em segundo lugar,leia bem (BEM mesmo...),o que a pessoa postou,para não cometer injustiças.Ah!você falou que acompanha o Blog a bastante tempo...com certeza ,não a mais tempo que eu. Ah! O Renato Russo não vai levantar do túmulo não para vir me cobrar ,pois Ele sabe que eu era sua fã número Um. Um grande abraço. LUZ MARIA.

Anônimo disse...

Pô anonimo de 04/10...depois desse "puxãozinho de orelha" da Luz,eu lhe aconselho a pensar duas...ou melhor,lhe aconselho a Ler duas vêzes os comentários, antes de se manifestar...hahahahaha