terça-feira, 18 de outubro de 2011

GATO GORDO ENTREVISTA: JUREMIR MACHADO DA SILVA

Hoje o blog está inaugurando um novo departamento: o Gato Gordo entrevista. Em algumas terças feiras do mês postarei conversas que tive por email com pessoas da mídia. A primeira personalidade que nos deu honra de sua presença foi Juremir Machado da Silva, um dos maiores cronistas desse país. Sempre de bom humor, o jornalista comentou diversos temas do cotidiano. Lá vai.


1) Por decisão do STF, o diploma para exercer jornalismo perdeu a obrigatoriedade. Quais as perspectivas para a profissão no futuro do Brasil?

Juremir: As de sempre. Alguns se darão bem; a maioria perderá as ilusões; quase todos ganharão pouco. Vários serão felizes na medida da felicidade.

2) Sou formado em Direito. Recentemente, o subprocurador-geral da República, Rodrigo Janot, fez um parecer ao STF declarando a inconstitucionalidade do exame da ordem. A OAB, por sua vez, manifestou-se contrária a decisão, indicando que o exame é fundamental para garantir a segurança jurídica da pessoa que procura um advogado. O mesmo exame não é aplicado, por exemplo, a médicos, aonde o grau de segurança deveria ser elevadíssimo, pois é da vida que eles cuidam. Qual a sua opinião? A faculdade de Direito já não deveria ser fator de excelência para provar que o profissional é capacitado?

Juremir: O exame da ordem é medieval. Privilégio de uma guilda. Eis tudo.

3) Em minha opinião, ao invés da propositura de um exame, a OAB deveria instalar ações junto ao MEC para a melhoria do ensino. Creio que isto jamais acontecerá, considerando a indústria de dinheiro envolvida em torno da prova, através de cursos preparatórios e inscrição cara. Sobre a educação, as faculdades ainda formam profissionais capacitados ou o ensino está ficando enfraquecido?

Juremir: As faculdades formam, como sempre, bons e maus profissionais. Há mais tecnologia, mais informação e mais gente estudando. Por que teria de ser pior? Há muita nostalgia de um tempo que jamais existiu.

4) Sabe o que aconteceu com o cachorro que respirava pela bunda? Sentou e morreu. Foi uma boa piada?

Juremir: Não creio.

5) Como você avalia a comunicação através de blogs?

Juremir: Tudo cansa as pessoas, inclusive a vida, os blogs e os jornais em papel.

6) As redes sociais estão tomando conta do nosso estilo de vida? Você, escritor, concorda com a frase do falecido José Saramago: “Os tais 140 caracteres refletem algo que já conhecíamos: a tendência para o monossílabo como forma de comunicação. De degrau em degrau, vamos descendo até o grunhido".

Juremir: Saramago era um idiota que escrevia bons livros.

7) Qual o segredo de um relacionamento duradouro?

Juremir: O segredo é encontrar alguém de quem se goste por muito tempo. Elementar.

8) Qual a personalidade que mais lhe inspira?

Juremir: Chacrinha e Borges.

9)Você já escreveu muito sobre o tempo da legalidade, entre outros momentos marcantes da história brasileira.  A política perdeu seu ideal ou ainda há esperança?

Juremir: Esse negócio de ideal e de esperança é conversa de Rotary Club. Sempre há e não há. Só que as esperanças de hoje não são as das pessoas de ontem.

10) Para finalizar, você acha que o Gato Gordo tem condições de se tornar uma forma de governo e tomar Brasília?

Juremir: Já está cheio de gatos gordos por lá. Difícil.

Era isso por hoje!

FUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

2 comentários:

Selena Linhares disse...

Interessante esta nova fase do Gato Gordo,a de entrevistas. Gosto do Juremir,principalmente a sua risada e o fato dele não ter carro e nem filhos...será que é porisso que ele pode viajar tanto? Não gosto quando ele se torna evasivo e dá uma de político,apenas "juntando palavras ao léu"ou seja "sem dizer nada".Foi o que ele fêz com as respostas (algumas) que ele deu para nosso estimado Blogueiro. A primeira resposta foi terrível (ou...de repente eu é que sou burra). É lógico que em qualquer profissão,ou qualquer coisa que se faça na vida,a gente pode ser: muito feliz,vai ter desilusões,vai se dar mal,pode ganhar bem,etc...Ora...que novidade!A quinta resposta que tudo cansa..."bidú",é porisso que é preciso estar sempre havendo renovação.A 6,sobre o Saramago , para se escrever bem ,é preciso ser um pouco idiota,de qualquer forma eu não acho o Saramago idiota.A única coisa que eu concordo com ele é quando ele diz que em Brasília tem "MUITOS GATOS GORDUCHOS"!

Pri disse...

legal entrevistar o Juremir..eu acho ele muito bala. Se não for falso o que ele fala,o jeito dele ser ,ele pode se candidatar a futuro presidente do Brasil,tem potencial!