segunda-feira, 10 de outubro de 2011

MARKETING AGRESSIVO

Sabe aquele pessoal do telemarketing que fica ligando toda a semana para sua casa? Você pede que tirem seu nome da lista de futuros clientes e parece que fazem o contrário: amplificam o número de ligações. Pois bem, faz parte, invadem sua casa, mas não sua privacidade, logo há formas bastante criativas de barrar os robôs inconvenientes. Vejamos as mais legais que já me falaram

1) "Morreu". Para empresas que não estão vinculadas a seu rico dinheirinho, vale brincar um pouco mais além, ou "no além". Ligaram para casa de um amigo dias atrás. Perguntaram por seu pai. Espertalhão, e sabendo da falta vinculação de sua família para com aquela empresa, o filhote forjou uma voz embargada, como se estivesse chorando. Disse apenas: "ele morreu". Do outro lado da linha veio um "sinto muito". Dá para continuar incomodando um moribundo? NECAS. Vão ter que contatar um médium para o oferecimento de imperdíveis ofertas...

2) "Não entendi". Essa foi criada pelo meu irmão. Ele estava em casa e com tempo, então resolveu se divertir. Uma simpática mocinha de uma determinada operadora começou falando de todas as vantagens de virar cliente da empresa, os benefícios, bônus, descontos, entre outros aspectos impossíveis de serem recusados. Meu irmão, evitando dormir ao gancho do telefone, disse simplesmente: "não entendi". A mocinha, muito atenciosa, voltou a falar de  todas as vantagens de virar cliente da empresa, os benefícios, bônus, descontos, entre outros aspectos impossíveis de serem recusados. Meu irmão, comendo um pastel, retrucou: "continuo sem entender". A atendente não desistiu, demonstrando uma raça portenha ocultada pela doce voz. Lá foi ela novamente explicar todas as vantagens de virar cliente da empresa, os benefícios, bônus, descontos, entre outros aspectos impossíveis de serem recusados. "Olha, ainda não entendi" foi a resposta. A ligação misteriosamente caiu. O que terá acontecido?

3) "Nunca morou aqui". Se essa pega moda, a internet vai virar o único meio de contato plausível. Ligo para a casa de um amigo e sua mãe me informa que um rapaz com aquele nome nunca morou lá. Olho para a bina telefônica e vejo que disquei o número corretamente. Explicações? O que teria acontecido? Bem, em virtude do grande volume de ligações do telemarketing, a mãezona decidiu proteger seu filho, informando que, naquele número, nunca morou ninguém com aquele nome. Boa, né?

Escolham a que quiserem e se divirtam!

FUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

12 comentários:

Davi Drummond disse...

bom seu blog, to seguindo =))

segue o meu tb? \o/

www.foiporquerer.blogspot.com

lais dorea disse...

gostei do seu blog
criativo
seguindo

http://laydorea15.blogspot.com/

Anônimo disse...

Ai, amo esse tipo de postagem , onde a gente pode interagir. Vou contar umas que já fiz:
1- me fingi de gaga...foi feita a pergunta "fatal":-com quem estou falando? e eu respondi:-co-co-co-com aaaa Se-se-se-se-sele...ai Dededeus...!.A criatura desligou em seguida. Outra legal foi essa: eu joguei com as próprias armas do operador , ele fêz a pergunta "fatal", -Com que estou falando? eu deixei que ele falasse um pouquinho e ataquei, disse:- desculpe interrompê-lo ,mas será que você não se importaria de me deixar seu telefone? aí ,lá pelas 10:00hs ( da noite ,é claro!)eu retorno a ligação para você ,tá? Aí sim , nós conversaremos bastante, que tal? Bem ,isso eu faço quando estou com disposição , porque a minha reação sempre é desligar em seguida à pergunta "fatal": Com quem estou falando? e eu respondo...Selena Linhares.Valeu.......

Sabrina Princesinha disse...

Rsrsrs... show!

http://1001ideiasparaenriquecer.blogspot.com/

Anônimo disse...

LUZ MARIA disse:
Eu adoro quando atendo o telefone e é telemarketing. Brinco com esses chatos também ,que mesmo que estejam fazendo o seu trabalho são umas malas , são invasivos e incovenientes. Se estou ouvindo o rádio eu "dessintonizo" o rádio, sabem? aquele som de "chiados do além"! e começo a perguntar:-poderia falar mais alto? Não estou ouvindo nada. Ou,-ai que barulho horroroso!Ou: -alô , alô, alô , não consigo ouvir e ...desligo.É muito bala! LUZ.

Gabriel disse...

uhahuauhauhauh. Essa de gaga deve ter sido hilária, Selena! heheheh

E, Luz, essa do ruído também é clássica! uhahuauhuha, já usei muito, não só para telemarketing, mas para outras coisinhas mais hehehe

valeu por comentar, pessoal!

abraços e bjos!

Fernanda Maria disse...

eheheheee boas dicas, quando ligar alguém querendo vender algo falo "morreu" kkkk acaba com a festa deles, ligam muiiiito poxa ninguém se toca que a pessoa não quer comprar? aaa meu pai já falou que aqui era da Funeraria kkkkk ou Delegacia rss
Muito bom o post,adorei.

Logan disse...

Alo não entendi, morreu e nunca morou aqui.

Assim 100% de chances da pessoa desistir.

www.mais1km.com

Tudo Sobre Computadores disse...

Olá man estou seguindo seu blog, siga o meu tbm desde ja agradeço

Meu Blog: http://www.playcomputadores.blogspot.com

Millena Blogueira disse...

Os chatos não se tocam quando ligam.

Anônimo disse...

Gostei da número dois. O teu irmão é um cara criativo mesmo. Achei muito legal a parte do "comendo um pastel" e repetindo "não entendi".
by lokobeer

Quita disse...

Olá,sou a mais nova seguidora dêste Blog super...super! Em relação aos chatos telemárticos ,eu costumo fazer assim: quando eles ligam e perguntam quem está falando eu digo qualquer nome e quando eles perguntam como eu estou,eu respondo:--ai,que bom que você perguntou isso,pois hoje em dia ninguém se interessa por ninguém,olha,eu realmente estou passando por uma fase difícil,pois meu cachorro morreu...aí o telemarquético tenta interromper , mas eu continuo firme...--como eu ia dizendo,a minha dor no ciático piorou,a minha gastrite aumentou por causa do cachorro e..."pum",telefone desligado.É hilário!