terça-feira, 17 de janeiro de 2012

GRANDE IRMÃO DO BRASIL

Eu assisto o Big Brother e leio muitos livros. Não subverto minha mente em nenhum momento, pois sei nutrir o que é entretenimento, o que é futilidade e o que é cultura. Outros não raciocinam tão bem e possuem uma síndrome inexplicável de destruir o programa através de críticas severas. Mania de perseguição? Big Brother, acreditem, é o menor dos nossos problemas. Aliás, é até uma fonte interessante de ver o que é a natureza humana em sua plenitude, quando as pessoas são as únicas variáveis em um universo de constantes.

A atual era compõe uma geração "trash" muito pior que a vista nos anos 80. E olhe, eu faço parte dela. Os valores se esvaem ao vento em minutos e as pessoas estão fragilizadas, vitimadas por carência, dentro de uma constância de problemas pessoais, emocionais e laborais. Não é o fim do mundo, mas a dinâmica das informações mexe com a estrutura global fazendo os mortais pagarem o pato. Exige-se, por exemplo, muito mais qualificação em torno de um mercado que oferece milhares, não, milhões de pessoas por segmento. Alguns, portanto, entram em programas de TV buscando a riqueza instantânea, que vem e vai, não volta e morre no retorno ao anonimato. Os atributos de tais pessoas condizem com a sina de nosso tempo: se apagam na velocidade da luz; beleza, malandragem, carisma, as melhores características aos desejosos por dinheiro fácil e mídia rápida. Cultura escrita na areia, não em pedra, de modo que não dura e se acaba inapelavelmente. O que eu quero dizer com isso? BBB é apenas um reflexo da realidade que já vivemos, por isso faz sucesso. Para nós, telespectadores, é uma brincadeira de ver ratinhos em um laboratório disputando um pedaço de queijo: divertimento garantido. Não estamos lá para aprender a filosofia de Rosseau ou Montesquieu, deixamos o aprendizado para todas as outras vinte e três horas do dia. Logo, um programa de baixo nível? Pode ser, mas só traz incômodo a quem se deixa fazer assim. Não é meu caso.

Assim, antes de criticar o BBB deveríamos repensar toda a condição da televisão brasileira, pois o "lixo" exibido não se resume apenas ao programa (intermináveis novelas, por exemplo). Eu toparia trocar a programação por uma grade mais instrutiva, o que, certamente, não acontecerá. Minha dica: liguem a TV, assistam abstraindo, sem responsabilidade e leiam um bom livro nas horas vagas! Gato Gordo e suas lições imperdíveis para uma vida digna!

Era isso por hoje!

14 comentários:

Maria Quitéria/Quita disse...

Faço parte de uma geração que "tinha noção" ( era para rimar mesmo.....). Concordo com você em tudo e teria muita pena ,por exemplo, se eu tivesse uma filha...ou quem sabe um filho,não importa ,e eles ficassem grudados na TV vendo esse "trash", que é o BBB .Sinto vergonha ,às vêzes, de ser mulher e ver as minhas companheiras de espécie se prostituirem dessa forma , aloucadamente e na frente da TV...( falo isso ,guardando todo o respeito às prostitutas de "profissão", pois essas são o que são e não dizem o contrário). Não estou falando isso,porque tenho condições de falar...não,eu não assisto o programa...jamais!!! apenas OUVI o que aconteceu neste belo bordel e li a postagem de nosso blogueiro (que finalmente voltou), porisso estou comentando o que eu ouvi e as informações da postagem. Que saudade de meu tempo de meninice!!!!!

Anônimo disse...

Eu discordo da Maria Quitéria. Acho que o BBB é mais um programa de entretenimento. Cultura, como disse nosso blogueiro, a gente busca nos livros. Que diferença tem o BBB de uma novela, além do fato de a novela ter um roteiro (se é que o BBB também não tem)? O Big Brother é apenas mais uma forma de entretenimento. Alguns assistem para ver bundas redondinhas, outras peitorais e músculos de dar inveja ao Rambo e alguns apenas para passar o tempo.
Fui
by lokobeer

Selena Linhares disse...

O Blogueiro foi rigorosamente fiel à harmonia. Ele conseguiu juntar os que curtem o BBB,onde ele se enquadra,mas de uma forma cautelosa,conseguiu harmonizar os que não gostam de assistir ao programa e ainda demonstrou ,por "a" mais "b",que o BBB,é um mal necessário e da geração dele. Achei legal esta postagem cheia de sutilezas.Em nenhum momento ele estigmatizou o programa ,a não ser quando ele fala que é um programa trash, mas que faz parte do momento atual em que a gente vive. Eu concordo com ele,quando ele diz que a geração atual é trash e está carente de valôres e quando eles(os valôres) ,existem ,eles são fugases,se esvaem ao vento. É isso ,eu,particularmente,fico muito triste com essa situação de nossa juventude,tão carente de amor, de direção...de tudo!Não concordo com uma coisa na postagem,quando ele diz que no programa,vemos "uma fonte interessante de ver o que é a natureza humana em sua plenitude". Eu não acho que a natureza humana ,em sua plenitude,tenha que ser sem roupas , só se falar em sexo e beber até cair e tudo mais o que acontece no BBB e pior...fora dele também. Bem,é a minha opinião,opinião de quem NÃO assiste o BBB.

Anônimo disse...

Odeio esse BBB. Só tem P...
Sou espada hein? Mas prefiro assistir desenhos a assistir esse lixo televisivo.Prefiro tirar um filme pornô na locadora. Tomara que o Poder público,em nome da defesa dos "restos" de bons costumes que ainda temos, proíba esse lixo.

Luz Maria Velloso disse...

Tenho minha opinião formada sobre o BBB. Não assisto , mas...sei MUITO sobre ele. Porquê? Porquê sou bombardeada dia e noite por notícias sobre essa coisinha linda chamada BBB. Discordo do Lokobeer quando diz que é mais um programa de entretenimento ,se é,é de muito mal gosto. Não precisamos buscar só cultura na TV,mas também não precisamos assistir o BBB,só para ver bundas, peitos siliconados e músculos tatuados,para isso,basta andar na rua e também ligar a TV em qualquer canal. Sou uma pessoa que gosta de programas culturais ,assisto a muitos,mas não é a minha prioridade.Adoro TV, gosto de Novelas...é sim ,pode rir Lokobeer , pode rir de mim. Só que gosto das novelas que falem de romances e tenham um começo,um meio e um fim,portanto,você já deve ter tirado sua conclusão ( isso se por acaso ler o meu comentário!),que só assisto novelas de época...época? Sim,pois são nessas novelas que encontro os valôres perdidos , a dignidade,a sinceridade,a moral,o romantismo ( que atualmente é considerado "brega"),a honradez,o negócio feito simplesmente usando a palavra dada,sem precisar assinar milhões de papéis ,para "se garantir!". É uma pena que tudo issso tenha se perdido,pois se ainda existissem esses valôres,a meninada estaria aí ,solta ,feliz,com a auto-estima lá em cima e não nos consultórios dos médicos psiquiatras e psicólogos ,tomando remédios fortíssimos ou usando...vocês sabem o quê!

Anônimo disse...

Concordo com o Loko...Adoro ver aquelas bundinhas e aquela mulherada toda no cio ( não me censura tá Gato Gordo? ). Só não gosto de ver marmanjos...esses eu dispenso. Hehehehehehe.....
Pô gente...gostosinhas tão ali mesmo, não tem em outro lugar,daquele "calibri" nãoooooooooooooooooooo...........

Anônimo disse...

Só não sai do ar porque é da "GROBO". Se fosse de outra emissora...aiiiiiiiiii!

Gabriel disse...

hehehe, não adianta, as pessoas são diferentes. BBB é alvo garantido de debates e discussões a cada início de ano. Só acredito que o programa não seja a causa, mas sim a consequência de um problema maior. Portanto, assisto abstraindo.

Johnny disse...

Enfim um post com defesas claras e não destrutivas de posições, perspectivas ou pontos de vista.

Único ponto de divergência: Como assim proibir o programa? Vcs vivem em algum tipo de ditadura? Censura?

Se há pornografia, mau gosto, basta aos mais putitanos não assistir.

Se estiver sendo transmitido em horário adequado com alerta da idade a que se destina não há que se falar em "tirar do ar".

E olha que nem sou um grande defensor da globo, mas lembro que o Programa do Ratinho ficou no ar por vários e vários anos, se é para se comentar lixo televisivo.

Mariah disse...

Ôba, o Jonnhy ( adoro este nome!),voltouuuuuuuuuuuu..........e já vem brigando. Tirar do ar sim o BBB Jonnhy. É claro que vivemos em uma Ditadura,um exemplo claro é justamente o BBB,que é da Grobo (como disse um seguidor!). Este lixo,jamais sairá do ar,pelo simples fato de ser da Globo e a Globo é que manda no país. Os Marinho da vida é que dão as cartas,junto com os Sarneys ( nada a ver com "sarna"). Que negócio é esse de "transmitir em horário adequado,com alerta de idade"...você tem filhos Jonnhy? Se está dizendo isso ,é porque não tem .Ninguém consegue segurar as ferinhas e elas acabam assistindo e fazendo o que querem.E quanto ao Ratinho,adoroooooooooooo.......
Que bom que você voltou Jonnhy ,assim poderemos "agitar" mais o Blog. Ai...! será que não cometi nenhum erro de português?

Johnny disse...

Ilma Mariah-ah-ah-ah-ah (som do eco), estou sempre por aqui, vigilante.

Quem diria hein? uma seguidora dos generais. hehehhehe

Parabéns!! vc, pelo visto, é mais uma pessoa que acredita piamente na teoria da conspiração de que a GROBO é o demo personificada em pessoa jurídica.

Posso inclusive te aconselhar alguns bons livros e filmes sobre o assunto. Ficção pura!!

Adora o Ratinho? que gostinho discutível, espero que desse programa tu consiga livrar teus pequenos, mas, como diria um amigo meu: "Gosto é igual a b..da (cifrada para evitar a censura, sacou?), cada um tem o seu ou a sua.

Bye Bye Bambina

Mariah disse...

Ilmo Jonnhy-hy-hy-hy-hy-hy ( som do eco ).Não , não sou seguidora dos Generais e nem acredito que a Globo seja a culpada de tudo ( pô cara...!)vê se lê direito o comentário que fiz para entender o que eu quero dizer. Gosto da programação da Globo , em alguns horários.O que estávamos falando ,era sobre a Postagem do BBB e tu já cometêste o pecado da Generalização,dizendo que acho a Globo..."Demo personificada em...o quê?" Desculpa se não entendo esse teu joguinho de palavras.
Repito...DITADURA sim : Ditadura dos Grandões que mandam e desmandam...Ditadura do BBB,que nos é "enfiado" goela abaixo,Ditadura dos Impostos ( Você viu quanto tá o valor do Impostômetro? ou tu não sabes o que é isso? Um relógio que tem em São Paulo e conta a quantas anda o Impôsto arrecadado pelo Governo). Ditadura dos ladrões que nos obrigam a ficar dentro de casa e eles soltos , ditadura dos altos salários para quem tem muito e baixos salários para quem precisa. Não vivemos em uma Ditadura? Eu poderia ficar aqui dando uma aulinha para você sobre a Ditadura. Mas pelo que vejo,acho que tu és daqueles que pensam que Ditadura foi a dos Militares. Não foi não Jonnhy,aquela fase foi a melhor época para se viver,pode acreditar , já dizia a minha mãe.
Não precisa me indicar livros não,agradeço a "boa vontade",eu mesma seleciono o que leio.
Não deixo "meus filhos" verem o Ratinho,porque não os tenho ( filhos!),e nunca terei ,sou daquelas pessoas que jamais colocará uma criança nêste mundo cão em que vivemos ( isso se chama "não maternidade resposável"). Era isso Jonnhy, só sinto que tu sejas um cara que gosta de criticar e dessa forma não contribui em nada com as postagens de nosso Blogueiro que eu adoro,ele sim é um cara mediador,carismático,harmonioso e porisso o Blog dele deu tão certo. Tu ,com certeza não tem Blog e acho que não teria condições de ter ,pois é muito "brigão". Abraços cordiais.Mariah

Johnny disse...

E eu que achei que tinhas ficado feliz com meu retorno. hehehehe

Querida, fiz um comentário geral, quem direcionou a postagem a mim foi vc, o que ocasionou a reação!! Salve leis da física!!!

Brigão? simplesmente não concordei com teus argumentos. As "ditaduras" a que tu se refere são problemas, de fato, da modernidade e ainda em maior parcela no dito 3° mundo.

Com certeza estava me referindo as ditaduras que expungem a liberdade das pessoas, tais quais as vivenciadas na américa latina e ainda vivenciam os venezuelanos e cubanos, mas enfim, não me alongarei.

Quanto às crianças, só fiz referência por parecer que falava com conhecimento de causa. Respeito a "liberdade" da tua opção.

Reitero, voltando ao foco, todos temos opção de,com um singelo clique,mudar de canal!!

No hard fellings

Mariah. disse...

Claro que direcionei o comentário a você. Pois quem foi que disse que eu era seguidora dos generais e um monte de outras coisas? E eu também estava me referindo às Ditaduras que "EXPUNGEM" a liberdade das pessoas,pois todas as que falei,se não EXPUNGIREM" a liberdade das pessoas ,"EXPUNGIRÃO"a liberdade de quem? eu nunca estou nêste canal a esta hora...jamais!
Fiquei feliz sim com tua volta...Tu,quando não estás chato,estás engraçado..agita o Blog. Tu tens uns termos meio esquisitos ,mas ficam bem vindos de você.
Sure , is very good fight...it's funny!