quarta-feira, 28 de março de 2012

UM ANO DE GATO GORDO

[Hoje não serei eu, Gabriel Guidotti, que postarei no Gato Gordo. Um anônimo - seguidor do blog - veio até mim e pediu o espaço neste dia. Confiram na íntegra o que ele tem a dizer]
28 de março. Poderíamos estar comemorando o aniversário de Maximiliano III de Baviera, Comenius, Fernando Filipe de Saxe-Coburgo-Gota ou Nikolai Rezanov. Porém, nesta mesma data, exatamente há um ano, nascia um blog com uma pretensão ínfima, simplesmente, ser o melhor blog sobre história que o mundo já presenciou.
Com o nome de Gato Gordo e com um carismático Gato-de-botas enxuto como mascote, esse meio de comunicação estreou com a notícia intitulada “E QUE SE FAÇA A LUZ! (trazendo a reportagem de uma curiosa frase dita por Adolf Hitler que, ao avistar a Torre Eiffel, indagou sobre sua beleza arquitetônica), sendo tal feito histórico acompanhado por pouco mais de meia dúzia de leitores (dentre os quais me incluo).
Assim, começou a trajetória desta modesta fonte de conhecimento, com excelentes artigos publicados pelo seu criador, Gabriel (The Guy) Guidotti, os quais, geralmente, traziam curiosidades sobre fatos históricos, desconhecidos até mesmo dos indivíduos mais chegados ao estudo do passado (dentre os quais não me incluo), provenientes da constante leitura (que ultrapassa 15 livros anuais) e insaciável atualização de seu escritor.
Importante enfatizar que, desde muito jovem, nosso herói já demonstrava uma aptidão nessa matéria, preenchendo de conteúdo cultural as velhas conversas entre amigos, as quais geralmente se resumiam ao conhecido “besteirol” e análise dos transeuntes que passavam por perto.

Com o passar do tempo, o Blog histórico também começou a apresentar acontecimentos presenciados no cotidiano. Casos banais, incomuns, que envolvem pessoas desconhecidas ou amigos próximos, que servem para quebrar o gelo, entreter o público, mostrar uma lição de moral ou, apenas, narrar. Da mesma forma, começaram a ser publicadas algumas imagens inusitadas encontradas na internet ou de criação do próprio autor, as quais também recheiam as publicações, desencadeando risadas, mas que também podem causar uma lágrima... (brincadeira, só se for lágrimas de tanto rir).

Assim, com conteúdos diversificados e interessantíssimos, nosso guru das notícias transformou o pequeno Blog Gato Gordo, que iniciou timidamente com a idéia de um único homem, em um dos mais respeitados blogs sobre acontecimentos históricos, com centenas de leitores assíduos e um número cada vez maior de seguidores e divulgadores do seu trabalho.

No mundo atual, em que os sistemas de comunicação e informação realizam verdadeira lavagem cerebral na humanidade, manipulando-a com programas e atrações que tornam as pessoas cada vez mais burras e desinformadas, louvável a iniciativa dessa voz dissonante que ousou sair do silêncio, ousou se manifestar onde muitos se calaram, que pregou seus ensinamentos, ponto de vista, críticas, além de proporcionar um acréscimo intelectual a todos os seus discípulos que escutam atentamente aos ensinamentos deste sábio nome entre os mortais que caminham sobre o solo da Mãe-terra.

Ainda, se não fosse o bastante, tal blog diverte e alivia o stress do dia-a-dia, fazendo a população esquecer das mazelas sociais e pessoais, misturando humor e sarcasmo e deixando sempre um gostinho de “quero mais” nos seus leitores, que esperam ansiosos por cada nova publicação, porque com cada novo anúncio vem sempre uma nova surpresa.

Um dia, um certo alguém mencionou que: “Grandes poderes trazem grandes responsabilidades”. Também mencionou que “Uma vez, há muitos anos atrás, acreditem se quiserem, para ter sexo, era mais fácil ir a um prostíbulo e pagar do que ir para a balada”. Nesse caso, só nos interessa o primeiro comentário (muito embora sejam preocupantes as atitudes dos jovens de hoje em dia, onde todo mundo quer pegar todo mundo), visto que nosso mestre soube, com a destreza de um coala bêbado e a visão de uma águia de binóculos, utilizar seu talento para trazer ao mundo (exatamente da mesma forma que uma grávida traz ao mundo um rebento) uma das 400.587 maravilhas do mundo moderno, o Blog do Gato Gordo, que hoje completa um ano de nascimento.

Por essas e outras, nossos votos de consideração e apreço, e desejos de prosperidade por longos e longos anos.

PALMAS PARA O GATO GORDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Nota de rodapé: Obrigado pela sua atenção ao texto, o qual lhe apresento como sendo de autoria anônima em razão de perseguições políticas de sogra, de amigos pé-no-saco e de raparigas desesperadas por sexo selvagem, e também para criar um mistério no ar. Advirto que essa humilde reunião de linhas não teve a pretensão de detalhar toda a trajetória do blog, sendo apenas uma homenagem a ele. Peço desculpas pelos erros de português porventura ocorridos. Fui!!!

[Sensacional! Eu agradeço ao anônimo pela homenagem. Ele que é uma grande figura e, de fato, sempre ajudou o meu blog a crescer, mesmo quando ninguém dava nada por ele! Nesse dia, agradeço também a ajuda de todos que participaram do Gato Gordo no último ano. Amanhã posto meu parecer. Hoje é dia de festaaaaaaaa]


PARABÉNS, GATO GORDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

8 comentários:

Luz Maria Velloso disse...

Interessantissimo o texto , muito bem elaborado fazendo uma homenagem ao nosso aniversariante. Digo "nosso" , porque se Ele,o Blog do Gato Gordo,ainda não é de TODOS...ele é de muita gente que o prestigia. Mérito de nosso Blogueiro , Gabriel ,que como disse o homenageante , começou humildemente,com sua primeira Postagem : "E que se faça a luz!",cauteloso e incerto,sem saber no que daria e se teria condições de fazer uma postagem de qualidade por dia e que enfim,essas suas postagens conseguiriam chamar a atenção do pessoal...e chamou! Hoje o nome "Gato Gordo" é conhecido,senão por todos,por muita gente que gosta de ler os assuntos interessantes abordados por ele.
Parabéns Gatinho Gordinho , esse ano que passou,quase sem que se percebesse,para você, foram horas ,dias,semanas e mêses de dedicação, para ofertar às pessoas que lhe gostam ,coisas interessantes para ler e se distrair , fazendo com que suas vidas se tornassem mais coloridas e mais sábias.

Anônimo disse...

Parabéns ao blog do gato gordo pela aniversário. Que o número de seguidores continue crescendo e sendo cada vez mais instrutivo e divertido. Do seguidor assíduo.

Lokobeer

Maria Quitéria/ Quita. disse...

Um aninho de vida...caraca!!!
Gato gordo, lhe adoro. Gosto de seus assuntos,tanto os culturais,as sátiras, os cômicos, os vídeos , os tristes (como aquele sobre sua médica), os simples, os "pernósticos", as brigas com o Jhonny que sumiu ( será que não foi ele que lhe fêz essa homenagem? jura né?)enfim, gosto de todos. Continua,não pára,porque gosto por demais de ler o que você escreve.

selena Linhares disse...

Um ano de vida muito produtiva , porque às vêzes passa um ano e não se faz absolutamente NADA.
Parabéns Gato Gordo. Sempre farei comentários. Reintero o que disse uma vêz,só posso fazer comentários aqui,neste espaço,pois não tenho Orkut,nem Facebook e nem Blog. Então,quando comento alguma coisa, tomo conta desse espacinho , considero que ele (o espacço) é meu e falo aquilo que penso. Isso é muito legal,muito mesmo.
Parabéns!

selena Linhares disse...

Gato Gordo , como gosto (procuro pelo menos),escrever certo , quero fazer duas correções em meu comentário acima. É que estou de saída para trabalhar...tem que ser ,não é? Porisso,errei ao escrever.
1-é espaçinho e não espacinho.
2-escrevi espaço ( entre parênteses),com dois "C".

Correções feitas.
Já pensou se o Jhonny está por perto?

Anônimo disse...

Nem sou fã do Johnny, mas de vez em quando dá uma saudade dele!!

REINTERO (putz), pobre do tio aurélio, espero que ele não tenha acesso a internet no além.

E olha que ela se corrigiu.

Eta povão brasileiro!!!

Gabriel disse...

Obrigado a todos pelas mensagens. Sem seguidores, não haveria Gato Gordo!

Selena Linhares. disse...

Eu não perco tempo com essas pequenas coisas,pois acho que a vida é muito preciosa e grandiosa demais para nos prendermos a essas baixarias,mas,serei obrigada a fazer uma pequena observação em relação a correção que o anônimo do dia 29/03 às 20:53 hs, fez sobre o meu comentário,onde esqueci de corrigir também a palavra REITERO ( certa) e não REINTERO( errada)então,para essa pessoinha tão pequenininha,eu vou perder um pouquinho do meu precioso tempo.
Em primeiro lugar ,acho que tu és o Jhonny sim,que na verdade não é Jhonny coisa nenhuma,é um anônimo muito do fajuto que se julga o "REI DO PORTUGUÊS CERTO" e fato,é verdade,tanto que só fala no AURÉLIO , até parece coisa de "boiola",só falar no..."AURÉLIO".
Olha,vou continuar a postar no Blog do meu jeito,com erros ou sem erros,certo? Sou muito amiga( virtual) do Blogueiro,sei que ele gosta de meus comentários e tem mais: pessoas dignas,se identificam,eu sou a Selena e tu,quem és?
É,viva a Internet,não é? onde podemos criticar as pessoas sem nos identificarmos. Eu acho que isso é coisa de covarde,mas...cada um dá o nome que quer.
Tenho peninha de "tu" (olha ,bem erradinho para que possas ranger os dentes e lembrar do..."AURÉLIO".
AH,E SE TIVER ALGUM ERRINHO...POR FAVOR SR. DO AURÉLIO,ME PERDOA TÁ?