quinta-feira, 29 de março de 2012

UM ANO DE GATO GORDO II

Parece que foi ontem, mas a criança cresceu, ficou gorda e tomou a forma de um blog cultural. Essa é a vida e obra de Gato Gordo, o personagem que contagia a todos com sua flacidez exuberante e com seu conteúdo extraordinário. Um ano depois, o site que começou pessimista em relação a sua continuidade, prevaleceu sobre diversos fatos ao longo dos últimos 365 dias e garantiu sua sobrevivência.

Já falei um pouco das origens, mas essa semana é especial. Estava lá eu, um pequeno mancebo de vinte e dois anos - início de 2011 - pensando em alternativas sobre o que fazer do futuro. Cogitava coisas práticas e tangíveis: morar na praia - em uma casinha de madeira - recebendo o amor de uma índia e vivendo de nossa paixão. Uma Iracema não seria má ideia, mas onde a encontraria? Os malditos portugas eliminaram todas! Pensei de novo: achar uma senhora de idade - carente e fútil - trocando minha juventude por seus dólares. Gostei, porém lembrei que muita gente já faz isso. Queria ser original. Não quero citar nomes, mas... SUZANA VIEIRA, ANA MARIA BRAGA! Então raciocinei pela derradeira vez: no que sou bom? Escrever. É isso! Eureka! Vou fazer um blog. Mas o que eu falaria no blog? Hum, o que eu gostava de ler? História e cotidiano. Formando a base, a torneira da criação se abriu e o site surgiu. Entretanto ainda faltava um elemento importante: o nome. Precisava de algo impactante. Algo que todos gostam ou desgostam. Visitei meu irmão e lá fui recebido por meus sobrinhos, os dois gatinhos Zigfrid e Ludvig (respectivamente nas fotos).


Dois bichanos muito bem acostumados que carregam uma pochete farta de gordura na região do abdômen. E então me veio a ideia: quem é que não gosta de um gato bem gordo? Ninguém! E eu ainda tenho alergia. Uni o útil ao desagradável.


O pensamento inicial era dividir o blog com um amigo. Cada um postaria uma vez a cada dois dias. Não rolou. Fiquei sozinho, mas dei seguimento ao processo. E assim surgiu a lenda de Gato Gordo. Um ano que era para ter durado alguns meses. Nem eu tive fé no início. Achava que não daria conta, mas sobrevivi e agora estou mais forte que nunca! Não é fácil escrever todo o dia. Ou melhor, fácil é. Poderia escrever qualquer besteira, mas eu conseguiria tocar as pessoas? Não. Impus-me muita responsabilidade, mesmo sem ganhos financeiros, apenas ganhos intelectuais - meus e da coletividade.

E vamos para mais um ano! É a semana Gato Gordo de festividades!

15 comentários:

Vani disse...

E vamu,qui vamu...mais um ano de Gato Gordo e por falar em Gato...são bem bonitinhos os teus sobrinhos,hein?

Anônimo disse...

hahahahahhaha. Zig e Lud são demais. Um engravatado e outro mais a vontade. Parabéns novamente ao Gato Gordo pelo aniver.

by loko

Anônimo disse...

Olha só, achei que a inspiração vinha do filme Sherek mesmo, e não de dois gatos guaipecas.

Gabriel disse...

A foto original do Gato Gordo era o Zigfrid. Depois, por motivos comerciais, coloquei o gato de botas. Não troco esses dois por nenhum gato de raça - muito ariscos.

Abraços!

Maria Quitéria/ Quita disse...

"Belas falas Blogueiro..."!
Adoro qualquer tipo de bicho doméstico e principalmente...OS GUAIPECAS , pois são rigorosamente amigos e fiéis ( aqui,sem desmerecer os outros,os de raça),mas de uma forma geral,os guaipequinhas são mais humildes e queridos.
Achei o comentário do anônimo do dia 29/03 (20:59 hs),um pouco ofensiva em relação a animais tão mimosos ,mas...fazer o que não é? Tem gente que só gosta de "PEDIGREE"

Selena Linhares disse...

A inspiração vem sempre para quem exercita sua mente com bons livros,com bons filmes , com uma boa observação do Cotidiano ( cito o Mário Quintana!),com a disciplina, com o Dom natural também,é claro. Tudo isso ,faz com que sua mente se "torne responsável e capaz" , adquira disciplina,auto-controle ,paciência. E isso,infelizmente não acontece com muita gente porque atualmente ,existem muitos fatôres que influenciam negativamente na concentração das pessoas fazendo com que,embora elas leiam bastante ,assistam filmes... não consigam escrever uma frase. Não é fácil escrever e menos fácil ainda é escrever com qualidade.
Vamos lá então...mais um ano de Gato Gordo e quero lhe dizer Blogueiro Gabriel que sua inspiração nos bichanos, foi muito feliz, pois eles são exatamente isso que falei: são observadores do mundo ,eles são pacientes ,não tem pressa para nada,se por ventura o "assunto em questão for de seu enorme interesse",eles tem uma capacidade muito grande de se concentrar e aguardar( não acreditam?), então coloquem um gatinho na frente de uma gaiola com um passarinho dentro...ele,o gato,ficará ali" eternamente" a espreita e a espera que o pobre pássaro saia e aí ,então ,ele pode dar o bote.
Adorei os dois "guaipequinhas", embora ache que se eles são guaipecas,alguém de Pedigree ( pai ou mãe) deve ter passado algo mais a eles,pois o primeiro passaria muito bem por um belo ANGORÁ e o segundo por um belo SIAMÊS( pelo baixinho).

Anônimo disse...

Ótima postagem. O Blogueiro traça aqui o seu caminho e dúvidas em relação a construir ou não o BLOG. Ele é muito sincero e espontâneo,falando de si mesmo com um humor muito legal.
Gostei da parte em que ele se inspirou naqueles dois "mimos", o Zigfrid e o Ludvig,que entendi serem gatos de seu irmão,portanto ...seus "sobrinhos".Eu acho que foi uma boa escolha,embora o Gatinho do BLOG não se pareça em nada com os "sobrinhos". Mas concordo com a opinão da Selena,ao dizer que se queres honestidade,perspicácia,espontaneidade,paciência,observação apurada,sangue-frio,obstinação e orgulho para continuar a construir teu BLOG,não poderias ter escolhido um "padrinho" melhor do que um gatinho , pois os bichanos,são tudo isso e ainda ,bastante carinhosos.
Vou gastar uma linha pelo menos ao anônimo que se referiu aos gatinhos de uma forma tão...aviltante,chamando-os de "gatos guaipecas". Olha meu(ou minha),existe uma máxima que diz assim(e deve se enquadrar bem para ti)..."QUEM NÃO GOSTA DE UM ANIMAL DE ESTIMAÇÃO,porisso o nome ...ESTIMAÇÃO( estimado),NÃO GOSTA DO SER HUMANO"!

Vitor disse...

Bah blogueiro!!!

Teu público é extremamente mala!! tem 2, 3 mulheres que parecem te conhecer a fio, pois comentam tudo e tah tudo sempre bom e maravilhoso.

Que falta de senso crítico!!!

Ninguém pode escrever uma linha que PRONTO!! 502 linhas

Concordo com o anônimo,parecem 2 gatos guaipecas, e daí?

No mais, parabéns pelos textos e pelo aniversário do blog, pq o público é dose.

Anônimo disse...

Concordo com o Vitor!! São dois guaipecas mesmo, e daí? Eu amo gatos e achei esses dois viralatinhas muito fofinhos, mas, não me incomodei nenhum pouco com o comentário do anônimo, o que até me pareceu uma brincadeira.

Liberdade de opinião, de expressão e respeito ao próximo!!

Pelo pouco que já li aqui, vi que o amigo blogueiro é bastante inteligente e entende que divergências de opiniões são fundamentais para fomentar as discussões do blog, mas acho que essas fãs andam exagerando um pouco. É preciso ter cuidado, senão elas irão espantar novos leitores.

By Mimi.

Gabriel disse...

hehehehe, entendo, Vítor e Mimi. Obrigado por participarem! As pessoas são diferentes e às vezes acontecem choques. Por isso habilito a possibilidade de comentar minhas postagens, para incentivar esse debate. Não quero que ninguém seja inibido. Se há algum comentário que o desagrada, manifeste sua contrariedade a ele!

Vivemos em uma democracia, em um Estado de Direito! Promulguem suas ideias!

Um abraço!

Maria Quitéria/ Quita disse...

É isso mesmo...ahahahahaha...!o público é mala , tem 2,ou 3 mulheres que conhecem o Blogueiro a fio ,e tem uma aí em cima (Mimi) que o conhece muito pouco,pois disse que: pelo "pouco" que já li aqui(hihihihi!), continuando, os gatos são guaipecas , a Selena erra no português do "Aurélio",a Quita ( que sou eu) é psicóloga e por vêzes se distrai e escreve pelos cotovelos ,mas e daí? O próprio Blogueiro disse que gosta desses debates. Agora se o Blogueiro tem fãs...certamente alguma coisa ele faz ou tem que agrada a muita gente,não é? Só não agrada quem tem inveja. Senso crítico para quem merece,lógico!
Lembren-se que o Blogueiro disse:
"promulguem suas idéias,pois vivemos em um Estado de Direito , em uma Democracia" e deixem de ser chatos.......A vida é bela!

Vani disse...

Achei de uma total deselegância da parte do "Vitor",quando ele se referiu ao público que faz comentários no Blog de: "PÚBLICO MALA" ( que feio!) consequentemente da "Mimi", uma vez que ela concordou com o "Vitor".Acho que não combinaram bem as duas coisas: primeiro, xingam o público que comenta,para depois , numa forma de se retratarem , elogiam as postagens. Seria mais ou menos assim: "gostamos do que tu escreves ,só não gostamos dos comentários...das opiniõezinhas". Não vamos esquecer gente que são justamente os que comentam , cada um de seu jeito, são eles que tocam o BLOG para frente.
Não sou uma seguidora fiel,mas vez em quando ,dou uma olhadinha no BLOG.Acho interessante.

Anônimo disse...

então, estes dois últimos comentários só reforçam a teoria de Vitor e Mimi!!

No mais, parabéns pelo primeiro ano do blog!! Tenho certeza que este Gato vai engordar cada dia mais!! Sucesso ao blogueiro!

Marina Duarte.

Vanice -Vani disse...

A Marina Duarte poderia explicar melhor suas palavras,de que "os dois últimos comentários só reforçam a teoria do Vitor e da Mimi".Sendo um dos comentários,MEU, o que eu quiz dizer é que : 1-Achei deselegante a forma como o "Vitor" se referiu aos seguidores ou apenas olheiros,como é o meu caso, do BLOG. Eu não sigo,porque tenho outros muitos que também gosto de comentar e aí ,falta tempo.Sou igual a "Mimi", então,que pouco lê o BLOG,aliás ,nunca vi um comentário com esse nome,Mimi. Com o meu nome,Vani (Vanice),tem bem mais. Dá uma olhadinha...com calma.
Os comentários é que valorizam o BLOG,claro!. Mas, chamar de "malas" os seguidores,ou olheiros,ou apenas visitantes ou dizer que :"teu público é dose!", é deselegante e não combina com a afirmação que a Mimi fez: de que é preciso respeito ao próximo e respeito à liberdade de expressão. Não se pode só respeitar o Blogueiro por suas postagens,segundo a teoria de vocês ,também precisamos respeitar quem lê e comenta,não é isso?
2-Continuo achando que , os que lêem,ou apenas olham,ou comentam , ou dão uma "expiadinha",ou conhecem o Blogueiro "a fio" ( porque não? será que uma tia,ou uma prima ,ou uma amiga muito chegada não pode fazer um comentário?),é proibido?Claro que não! Então...Marina se explique melhor. beijos,com todo o respeito. Vanice ( Vani)

Anônimo disse...

sério que tu não entendeu o que eu quis dizer?
kkkkk.

Fui.
besitos!

Marina Duarte